Internet hoje

Archive for the ‘Cidades’ Category

Uma criança morreu e outras cinco pessoas foram baleadas na noite de sábado (7), em uma lanchonete de Goiânia. O alvo dos disparos seria um rapaz que estava no local.

Segundo testemunhas, dois homens chegaram, em uma moto, e atiraram em um jovem que estava na calçada. Uma menina de 5 anos que voltava da igreja com a mãe e os irmãos foi baleada na cabeça. Ela não resistiu aos ferimentos.

Um menino de 7 anos foi atingido no peito e está internado em estado grave neste domingo (8). As outras quatro pessoas foram atingidas de raspão. O rapaz que estava na calçada já foi liberado pelo hospital e deve prestar depoimento.

Anúncios

Dois homens foram presos suspeitos de integrar uma quadrilha que praticou um arrastão por volta das 9h deste domingo (8) num prédio residencial no centro de São Paulo, segundo a Polícia Militar. Outros cinco criminosos fugiram e são procurados. Ao menos seis apartamentos foram invadidos e roubados. Não há informações se os moradores foram agredidos ou feridos.

É o segundo caso de arrastão ocorrido na cidade entre a noite de sábado (7) e este domingo. O outro ocorreu na Zona Sul da capital.

O prédio visado pelos assaltantes no Centro fica na altura do Avenida Rangel Pestana. Foi lá que a PM prendeu os dois homens e apreenderam suas armas, uma pistola  e um revolver.

Segundo o tenente da PM Flávio Martinez, sete criminosos entraram no prédio por volta das 7h, durante a saída de um morador. “Quando chegamos, estes dois [suspeitos] estavam saindo do prédio. Os outros já tinham fugido”, disse o oficial.

Com os dois detidos, a polícia apreendeu também uma bicicleta, 12 celulares, uma filmadora e uma espada decorativa.

O boletim de ocorrência será registrado no 12º DP, no Pari, região central de São Paulo.

A Polícia Civil do Maranhão investiga o desaparecimento de um recém-nascido da Santa Casa de Misericórdia, no centro de São Luís. A menina teria sido levada do berçário por volta das 13h desta sexta-feira, na troca de turno das auxiliares de enfermagem.

Todas as funcionárias que estavam nos dois turnos deverão ser ouvidas. Caso seja comprovado negligência, elas podem ser indiciadas por abandono de menor.

O pai da menina disse que não chegou a conhecer a filha. Muito abalado, José Ribamar Dutra afirmou que estava em casa quando a irmã ligou comunicando o desaparecimento. “É muito triste, a gente estava com o enxoval pronto. Só Deus sabe como eu estou”, disse o pai.

A menina é a segunda filha do casal. A mãe, Luziete Garcês, continua internada na maternidade da Santa Casa.

Em nota, o provedor da Santa Casa de Misericórdia do Maranhão, Bendito Dualibe Murad, informou que o hospital toma “as devidas providências administrativas imprescindíveis para colaborar com a polícia”.

Terra 

A chuva rápida que atingiu Belo Horizonte na noite desta sexta-feira (6) não ajudou a aliviar o calor. Segundo os meteorologistas, além de ser o dia mais quente do ano, a temperatura nesta sexta-feira bateu o recorde dos últimos 30 anos no mês de março

Na estação do aeroporto da Pampulha, os termômetros chegaram a 34ºC. O verão na cidade está com temperaturas 4ºC acima da média no mês de março, segundo os meteorologistas.

No fim de semana, há previsão de pancadas rápidas de chuva.

O caso da menina de 9 anos que interrompeu a gravidez de gêmeos causou comoção e revolta. A repercussão foi ainda maior pela reação da Igreja Católica ao aborto provocado pelos médicos. O arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, excomungou a mãe e a equipe médica envolvida no procedimento.

Nesta sexta-feira (6), o arcebispo disse que o padrasto, suspeito de violentar a menina e ser pai dos bebês, não pode ser excomungado. “Ele cometeu um crime enorme, mas não está incluído na excomunhão”, afirmou Sobrinho. “Esse padrasto cometeu um pecado gravíssimo. Agora, mais grave do que isso, sabe o que é? O aborto, eliminar uma vida inocente.”

A equipe que participou do aborto está recebendo e-mails de médicos do país inteiro. Foram mais de 500 mensagens de apoio até a manhã desta sexta. Para os especialistas, não havia dúvida sobre a necessidade de interromper a gravidez e, sobre essa conduta, não cabe intervenção da Igreja.

O médico Rivaldo Albuquerque, que participou do atendimento, já havia sido excomungado antes. Ele entrou em choque com a Igreja Católica desde que participou da criação de um serviço de atenção às mulheres violentadas, que faz o aborto nos casos previstos por lei. Católico praticante, ele disse que não vai deixar de assistir à missa.

Quem é excomungado fica proibido de receber sacramentos como batismo, comunhão, crisma e casamento.

Repercussão

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nota em que destaca o mandamento “não matarás” e reforça as críticas feitas ao aborto.

A imprensa italiana publicou, nesta sexta, reportagens afirmando que o Vaticano apóia a decisão do arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, de excomungar os envolvidos na interrupção da gravidez de uma menina de 9 anos.

O site do jornal italiano “Corriere della Serra” mostra um texto sobre o caso. Em entrevista, o padre Gianfrancesco Grieco, diretor do Pontifício Conselho para a Família, disse que o tema é “muito, muito delicado”, mas a Igreja não pode “trair” seus princípios de defender a vida desde a concepção até a vida natural, mesmo diante de “um drama humano tão forte”.

Ainda de acordo com o texto, o padre disse que “o aborto não é uma solução, é um atalho” e reprovou a atitude dos médicos.

Alta

A gravidez da criança foi descoberta na semana passada, depois que ela reclamou de dores e foi levada a uma unidade de saúde. Os médicos classificaram a gestação de 15 semanas como de alto risco, pela idade e por ser de gêmeos. Segundo os médicos, a mãe pediu para que o aborto fosse realizado.

O padrasto da menina foi preso, suspeito de ter abusado da garota e ser pai dos bebês que ela esperava. Ele deve ser indiciado por estupro. De acordo com a polícia, a menina sofria violência sexual desde os 6 anos.

A menina teve alta nesta sexta-feira e passa bem, segundo o diretor do hospital em que ela estava internada, Sérgio Cabral. Ela e a mãe devem ser encaminhadas para um abrigo no Recife, por determinação do Ministério Público. Elas não devem voltar imediatamente para Alagoinha (PE), onde moravam.

O padrasto da menina de 9 anos, que estava grávida de gêmeos e interrompeu a gestação na quarta-feira (4), no Recife, será indiciado pelo estupro da menina e da irmã mais velha, de 14 anos. Segundo o delegado, o suspeito está detido no presídio público de Pesqueira (PE) desde o dia 27 de fevereiro.

O inquérito policial, de acordo com o delegado Antônio Dutra, da delegacia de Alagoinha (PE), deve ser concluído em cerca de 15 dias. Até lá, o suspeito permanecerá preso, em cela isolada, segundo Dutra.

A partir da remessa do inquérito à justiça de Alagoinha, a juíza deve decidir se mantém a prisão preventiva do padrasto.

Menina passa bem
A menina, segundo os médicos, deve receber alta nesta quinta-feira (5). Na parte da manhã, ela passou por uma avaliação no hospital onde está internada. Segundo os médicos, ela passa bem, está tranquila e deve receber alta no fim da tarde.

Por decisão do Ministério Público de Pernambuco, a criança não retornará para a cidade onde nasceu, no interior do estado. Ela permanecerá no Recife, sob proteção.
Violência
A gravidez foi descoberta na semana passada, depois que a menina reclamou de dores e foi levada a uma unidade de saúde. Os médicos classificaram a gestação como de alto risco, pela idade e por ser de gêmeos.Segundo os médicos, a mãe pediu para que o aborto fosse realizado.
O padrasto da menina foi preso, suspeito de ter abusado da garota e ser pai dos bebês que ela esperava. De acordo com a polícia, a menina sofria violência sexual desde os 6 anos.

Um homem de 34 anos foi preso na noite deste domingo, 1º, em Guaratinguetá, após tentar matar o próprio irmão, três anos mais novo.

De acordo com a Polícia Militar, o fato aconteceu por volta das 20h30, no bairro Jardim do Vale, após um discussão entre os dois.

Durante o desentendimento, o irmão mais velho desferiu golpes de faca na altura do abdômen da vítima.

O autor foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e recolhido à cadeia pública de Guaratinguetá.
Fonte:agoravale.com.br


Ultimas not�cias

tt

dd