Internet hoje

Posts Tagged ‘aborto

Manifestação  No Dia Internacional da Mulher, entidades feministas, movimentos sociais, sindicatos e partidos de esquerda fizeram uma manifestação na capital paulista, com faixas, frases de protesto, carros de som, bateria, música e apitos.

Entre as principais reivindicações, a legalização do aborto, tema de uma grande faixa que abria a caminhada do grupo, que partiu da Praça Oswaldo Cruz no final da manhã deste domingo (8) e desceu a Avenida Brigadeiro Luis Antônio em direção ao obelisco em frente ao Parque Ibirapuera.

De cima de um caminhão de som, partiram críticas ao arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, que excomungou médicos e a mãe da menina de 9 anos que engravidou após sofrer abuso sexual e passou por um aborto. Embaixo, frases de protesto entoadas por jovens: “se o Papa fosse mulher, o aborto seria legal”.

Uma outra faixa dizia não “à CPI da Fogueira” e defendia o direito ao “aborto legal e seguro”. “Já existe uma frente parlamentar contra a legalização do aborto”, explicou Yuri Puello, da entidade “Católicas pelo Direito de Decidir”. G1

O padrasto da menina de 9 anos, que estava grávida de gêmeos e interrompeu a gestação na quarta-feira (4), no Recife, será indiciado pelo estupro da menina e da irmã mais velha, de 14 anos. Segundo o delegado, o suspeito está detido no presídio público de Pesqueira (PE) desde o dia 27 de fevereiro.

O inquérito policial, de acordo com o delegado Antônio Dutra, da delegacia de Alagoinha (PE), deve ser concluído em cerca de 15 dias. Até lá, o suspeito permanecerá preso, em cela isolada, segundo Dutra.

A partir da remessa do inquérito à justiça de Alagoinha, a juíza deve decidir se mantém a prisão preventiva do padrasto.

Menina passa bem
A menina, segundo os médicos, deve receber alta nesta quinta-feira (5). Na parte da manhã, ela passou por uma avaliação no hospital onde está internada. Segundo os médicos, ela passa bem, está tranquila e deve receber alta no fim da tarde.

Por decisão do Ministério Público de Pernambuco, a criança não retornará para a cidade onde nasceu, no interior do estado. Ela permanecerá no Recife, sob proteção.
Violência
A gravidez foi descoberta na semana passada, depois que a menina reclamou de dores e foi levada a uma unidade de saúde. Os médicos classificaram a gestação como de alto risco, pela idade e por ser de gêmeos.Segundo os médicos, a mãe pediu para que o aborto fosse realizado.
O padrasto da menina foi preso, suspeito de ter abusado da garota e ser pai dos bebês que ela esperava. De acordo com a polícia, a menina sofria violência sexual desde os 6 anos.


Ultimas not�cias

tt

dd